segunda-feira, 10 de junho de 2013

Já não bastava as baratas na terra, também tem as baratas d'água!




Muito robusta, com pernas dianteiras adaptadas à caça e pernas intermediárias e traseiras adaptadas ao nado. Têm a capacidade de reter o ar permitindo o mergulho. Face ventral coberta por pequenos pelos. Coloração marrom-acinzentada. 
Vivem as margens de lagos e represas ricas em plantas aquáticas 
São encontradas na América do Sul. Para conseguirem comer as suas presas, as baratas d'água agarram as suas "vítimas" com as patas dianteiras e injetam uma poderosa saliva digestiva que dissolve o interior da sua presa. Costumam se alimentar de caramujos, lesmas, girinos, salamandras, pequenos peixes e outros insetos, sugando seus líquidos orgânicos.