quarta-feira, 28 de agosto de 2013

O maior poder da lagartixa é ficar grudada na parede!



O maior poder da lagartixa é ficar grudada na parede. As solas de suas patas têm milhares de projeções microscópicas parecidas com pêlos. As moléculas dessas projeções ficam tão próximas das moléculas da parede que uma força de atração é criada entre elas. Essa força mantém a lagartixa ‘grudadinha’ na vertical e até de cabeça para baixo!

De hábitos noturnos, a lagartixa comum esconde-se durante o dia e sai à noite para comer insetos e pequenas aranhas. Ela é originária de países asiáticos, onde o calor e a umidade são intensos, como Filipinas, Singapura e Indonésia, e se espalhou por áreas tropicais do mundo todo através das viagens de navio.

É por isso que, quando a gente viaja para um lugar em que existe muito mato e rios por perto, elas vivem por ali aos montes. As lagartixas escalam paredes de casas porque elas sentem-se atraídas pelas luzes e pelos insetos que estão por perto.

E não precisa ficar com medo: elas não são venenosas e não vão te fazer mal! Tem gente que até cuida destes bichinhos como animais de estimação.

Ops, perdi minha cauda!

Quando se sente ameaçada, a lagartixa-comum solta um pedaço da sua cauda, dá um gritinho parecido com "tchak tchak tchak" e sai em disparada para o seu esconderijo! A cauda fica movendo-se sozinha no chão, enquanto ela foge.

É uma técnica de defesa: o réptil faz isso para confundir seu predador. Depois de um tempo, outra cauda cresce naturalmente no lugar.